quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Dona Tété

2008 - Dona Tété - São Tomé e Príncipe
A semana passou e amanhã estou de regresso.
Para me despedir de S. Tomé nada como um jantar na Dona Tété. Vir a São Tomé e não provar o melhor peixe grelhado de toda a Ilha, é como ir a Roma e não ver o papa.
Vou sentir saudades, saudades de uma amizade que se iniciou em 2008 e que nunca vai terminar, mesmo que este oceano no divida.
Em Maio deste ano, no regresso, pensava na festa de anos de uma amiguinha. E cheguei a tempo.
Agora, quando regressasse, seria suposto perguntar-lhe como tinha sido o seu primeiro dia de escola.
Contudo, decidi que não o vou fazer, não vá ela não ter ido.

Sem comentários:

Enviar um comentário