domingo, 2 de outubro de 2011

Noite de fados com Célia Leiria

Fui à noite de fados ouvir a voz maravilhosa da Célia Leiria.
E quando a Célia me dedicou o fado «Senhora do Livramento» eu fiquei comovido e pensei que quem ali estava eras tu. E foi a ti que a Célia dedicou o fado. Porque não há ninguém que mais tenha sofrido com a sua partida.
Enquanto uns choram para fora, gritando as suas dores, tu choras para dentro, sofrendo em silêncio.
Tenho pena de não ser um deus. Provavelmente teria aliviado a dor da perda do teu irmão, do teu pai e da tua menina.
Infelizmente eu não sou um deus. E os deuses andam um pouco arredados da terra, eventualmente, porque estão ocupados com outros mundos.
E o que mais me faz sofrer é que alguns seres humanos andam também noutros mundos, sem reparar que é neste mundo que vivem e deveria ser aqui a manifestação do seu amor, do seu carinho.


Sem comentários:

Enviar um comentário